segunda-feira, julho 10, 2006

Um dia atípico

Estou triste e desanimada.
Não me pergunte o porquê.
Hoje, em vez de me divertir à toa, quero quietude.
Não me pergunte o porquê.
Mudar as coisas, agir, trabalhar? Não hoje.
Não me pergunte o porquê.

Tudo o que eu gostaria hoje era poder dormir um pouco.
E esquecer a pilha de itens que povoa minha cabeça.
Não quero decidir nada hoje.
Não quero comentar nada hoje.
Não me pergunte o porquê.

1 comentário:

Jackie disse...

Sei que não era pra perguntar o por quê, mas... que que aconteceu??????????????
Me liga, tá? Tô preocupada!!!Se cuida!