quarta-feira, agosto 09, 2006

ENECOMP II - Festas 1


Na foto, esquerda pra direita: Max, eu, Luiz Américo, Debi (maninha!!!) e Madurim (vulgo Felipe Bernardo)



Começar falando de um congresso pelas festas é um tanto suspeito. Mas, quem não deve não teme e como eu FUI a palestras, posso falar sem medo.
Confesso que comprei o pacote de festas com receio. Não gosto de axé, pagode e forró (só se for o forró pé-de-serra) e uma festa com o nome de "Cervejada" não me parecia um show de rock.
Mas por recomendação de todo mundo, lá vamos nós (como diria Minnie num episódio memorável do Pica-pau - aquele da vassoura).
Eu ia falar das produções de figurino para as festas, mas isto merece um post (ou vários) à parte. Por hora, só quero expressar minha IMENSA felicidade em ter podido dançar trance em 4 noites seguidas!!! Ver toda aquela galera se movimentando sob um som muuuito louco foi demais! Rave é ótimo. E com a caravana Maceió, melhor IMPOSSÍVEL! O triste foi só sermos expulsos (delicadamente) da boate pelo segurança.
Embora ainda tenha havido sua parcela de axé, funk e até forró, foi suportável. Deu para dançar sem muito problema e quando a situação realmente ficava muito preta (p. ex.: "Levanta a perninha ai ai") era só tapar os ouvidos e continuar no dois-pra-lá-dois-pra-cá.

4 comentários:

Max disse...

Pow... eu acho q eu te conheci no Minicurso. Ta lembrada de mim?

BIBITH disse...

lindonaaaaaaaaaaaaaaaaaa
lindonaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa
lindonaaaaaaaaaaaaaaaaaa

bibith (again) disse...

gandaieraaaaaaaaaa
tsc tsc tsc :P

Alek disse...

allyson said...
E ae rosinha, muito bom os textos, não sabia que vcs chegaram a ser expulsos a boate pelos seguranças.. hehehehehe.. isso eh q eh disposição pra dançar. Bjo!!!