segunda-feira, novembro 27, 2006

Visita ao campo

Os últimos dias foram interessantes.Tive a oportunidade de entrar numa realidade completamente diferente da habitual. De conhecer um carinho e uma inocência que me fizeram chorar. De mudar, transformar, revolucionar. O chato de tudo isso é que encarar minha realidade de novo foi mais duro do que o normal.

Explico:

Apresento-lhes o Assentamento Jubileu 2000, pertencente ao município de São Miguel dos Milagres. Ele é composto por 42 famílias e existe há aproximadamente 1 ano e meio. Ali vivem famílias de trabalhadores sem-terra que ocuparam uma fazenda improdutiva e hoje cultivam abacaxi (delicioso!), mamão, maracujá, feijão e uma série de outros alimentos.

Fui lá a trabalho, na última sexta (24/11). E quanto mais convivo com gente diferente, mais me dou conta de como eu amo o ser humano e as coisas simples da vida. Tem idéia como é bom chupar abacaxi colhido da hora, descascado com faca peixeira, debaixo de uma árvore? É o que há de bom!
Melhor ainda é ter contato com a simplicidade do povo e vê-lo radiante com a situação atual, onde eles se sustentam e produzem para si, para vender e presentear , quando há algum tempo atrás (mal) sobreviviam do corte da cana em terra de usineiros. Isto é revolução, embora ainda haja muito por fazer.


Para quem não tem a experiência do campo, fica o registro de um momento especial: o bezerrinho da foto nasceu minutos antes de nós chegarmos no assentamento.

2 comentários:

Max disse...

Poww... chega deu saudade da época que eu ia ao sítio em que meus avós moravam no interior de Pernambuco quando eu era moleque.

Não tem nada melhor que a tranquilidade proporcionada pela vida no campo. Infelizmente hoje em dia as "coisas da cidade grande" também estão chegando em muitos lugares... o que tá tirando toda sua originalidade, uma pena.

Bjo moça!

Leo disse...

é bom sempre nós assistirmos in loco uma realidade que normalmente é televisiva... é muuuuito bom conversar com pessoas q não são politicamente corretas pra nossas correta sociedade... é bom dar uma nova guinada na vida, é melhor ainda fazer acontecer! bjão rosa, to cum sardade!! Léo